DCLOGG

Software de gestão de pagamentos logísticos

O DCLOGG é um software de gestão de pagamentos logísticos comercializado na modalidade BaaS (business as a service) que engloba a plataforma tecnológica e serviços de apoio embarcados, possibilitando a gestão de todos os processos de pagamentos logístico, tais como CTe, DTe, Pedágio Eletrônico, Vale Pedágio e Fretes.

O módulo DCLOGG VALE PEDÁGIO é um hub multi-meio de pagamentos responsável pela gestão de todos os processos relacionados com pagamento vale pedágio, desde a roteirização até a conferência de pagamentos e conciliação, possibilitando a emissão automática de vale pedágio junto às principais empresas de meio de pagamento e tecnologias.

diferenciais

O que só o DCLOGG tem?

01

Redução de Custos

Processos automatizados que proporcionam o correto pagamento do vale pedágio e até 26% de redução na sua fatura.
02

Roteirizador

Roteirizador otimizado, melhor rota ao menor custo possível e totalmente gerenciável.
03

Processos

Processos automatizados que garantem o correto pagamento, evitando pagamentos indevidos e/ou com valores incorretos.
04

Aplicativo

Aplicativo móvel multimeio de pagamento.
05

Faturas

Conciliação e contestação automática de faturas junto aos meios de pagamento.
06

Portal

Portal dedicado aos transportadores multi-meio de pagamento.
07

Machine Learning

Processos de “machine learning” acoplados ao nosso roteirizador permitindo a revisão das rotas praticadas pelos nossos clientes com o foco em otimização e redução de custos.
serviços

Como a DCLOOG funciona?

Embarcador

A Lei do Vale Pedágio determina o pagamento antecipado do pedágio e definição da rota pelo embarcador.







01
Awesome Image

Digitalcomm

O DCLOGG VALE PEDÁGIO é multi-meio de pagamento:

  • - Roteirização otimizada e gestão centralizada em um único lugar;
  • - Acesso específico para transportadores e operadores logísticos;
  • - Redução de até 26% com vale pedágio e pedágio eletrônico.

02
Awesome Image

Meios de PGTO/Tecnologias

  • - Integrado com todos os principais meios de pagamentos homologados pela ANTT;
  • - Pagamento em todas as tecnologias homologadas pela ANTT, cartão, TAG e cupom;
  • - Processos de contingência multi-meio de pagamento, garantindo 100% de abrangência do vale pedágio em sua operação logística.
03
Awesome Image
sobre nós

Prestando serviços de qualidade desde 2003

A Digitalcomm nasceu como uma empresa especializada no desenvolvimento de softwares e consultoria em TI, visando atender as necessidades do mercado.

Foi fundada em julho de 2003 com sede em São Paulo, visando atender a demanda existente no mercado por profissionais com habilidades em implementação de sistemas e conhecimentos de processos de negócios.

Seu quadro de funcionários é constituído por antigos integrantes de grandes consultorias, que tiveram portanto a oportunidade de absorver as melhores práticas do mercado: projetos em grandes empresas, tanto no Brasil quanto no exterior.

Saiba mais
Awesome Image
Awesome Image
Awesome Image
Awesome Image
Alguns Números

DCLOGG Vale Pedágio

0
Embarcadores.
9 dos 10 maiores contratantes
de fretes do mercado nacional.
0
mil veículos cadastrados
em nosso serviço.
0
milhões mensais em
transações financeiras.
0
porcento de redução
nos custos com pedágio.
Comparativo Técnico

DCLOGG

DCLOGG Light

  • Ambiente Compartilhado: Integrações via API (self-service)
  • Suporte Técnico Básico: WhatsApp (apenas mensagem) e email
  • Dashboard Básico: Volume compras mensais por meio de pgto
  • Processos de Redução de Custos: Eixo suspenso, bloqueio compra indevida etc
  • Roteirizador Atualizado: Praças/tarifas tempo real, rota de menor custo
  • Aplicativos Móveis (Android/IOS): VPOs emitidos/cancelados, comprovantes, mapa
  • Gestão de Usuários e Veículos: Apenas um usuário para acesso
  • Portal da Transportadora: Com acessos específicos (login/senha)
  • Funcionalidades Avançadas: Reserva de VPOs e cancelamento de DTs
  • Gestão de Usuários e Veículos: Usuários e perfis adicionais
  • Gestão de Rotas e Operações: Zonas restrição, categorização, tipo operação
98,5% SLA*

DCLOGG Embarcador

  • Ambiente Compartilhado: Integrações via API (self-service)
  • Suporte Técnico: Atendimento por telefone e consultores disponíveis para treinamentos e reuniões técnicas.
  • Dashboard Básico: Volume compras mensais por meio de pgto
  • Processos de Redução de Custos: Eixo suspenso, bloqueio compra indevida etc
  • Roteirizador Atualizado: Praças/tarifas tempo real, rota de menor custo
  • Aplicativos Móveis (Android/IOS): VPOs emitidos/cancelados, comprovantes, mapa
  • Gestão de Usuários e Veículos: Apenas um usuário para acesso
  • Portal da Transportadora: Com acessos específicos (login/senha)
  • Funcionalidades Avançadas: Reserva de VPOs e cancelamento de DTs
  • Gestão de Usuários e Veículos: Usuários e perfis adicionais
  • Gestão de Rotas e Operações: Zonas restrição, categorização, tipo operação
98,5% SLA*
dúvidas

FAQ

  • 01. Por que só agora estou recebendo multas?
    Grande parte da fiscalização era, até então, presencial nas balanças e praças, porém este ano passou a ser digital (câmeras), com leitura das placas e cruzamento com SeFaz e ANTT.
  • 02. Frota própria deve pagar vale pedágio?
    Não
  • 03. Como comprovar o pagamento do vale pedágio?
    Para fiscalização presencial, pode ser utilizado o CTe ou MDFe com os dados do vale pedágio emitido, ou o comprovante de compra (dispositivo móvel).
  • 04. Quando tenho que fornecer o vale pedágio?
    Sempre quando a contratação seja “veículo fechado” e eu seja responsável pela contratação do frete. A carga fracionada não é passível de cobrança de vale pedágio, nestes casos o pedágio dever ser incluso no frete.
  • 05. Qual o critério para pagamento?
    É responsabilidade do embarcador pagar antecipadamente o pedágio, assim como por definir a rota a qual será executada pelo contratado (transportador).
  • 06. Se o vale pedágio não for pago, quem será multado?
    Sempre o embarcador, lembrando aqui que quando há sub contratação o transportador passa a desempenhar o papel de embarcador junto ao sub contratado.
  • 07. Quando o transportador passa a ser considerado embarcador?
    Quando existe uma subcontratação, o fato de ser uma subcontratação para um frete de um único contratante é discutível mas na prática a ANTT acaba multando o transportador contratante.

PRINCIPAIS CLIENTES

Mande uma mensagem

Contato

Responderemos o mais rápido possível